expr:class='data:blog.pageType'>

Ramón Díaz Perto de Assumir o Comando do Corinthians em Meio a Impasse com o Vasco

Por: Jornalista Kelven Andrade

Com negociações avançadas para assumir o comando do Corinthians, Ramón Díaz ainda mantém um vínculo oficial com o Vasco. Demitido em abril, o treinador argentino segue registrado como técnico da equipe carioca no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF. Este impasse ocorre devido a divergências nas narrativas entre o clube e o treinador. O Vasco alega que Ramón e seu filho, Emiliano Díaz, pediram demissão, enquanto o técnico afirma que foi desligado pela diretoria.

Conflito de Narrativas e Rescisão Trabalhista

Embora o Vasco já tenha efetuado a rescisão trabalhista na justiça, um processo que não requer a assinatura do treinador, a rescisão federativa ainda não foi acordada. Isso significa que, no sistema da CBF, Ramón Díaz ainda é oficialmente o técnico do Vasco. O Corinthians, portanto, só poderá inscrever Díaz como novo treinador após a assinatura do termo de rescisão federativa.

Situação Atual e Próximos Passos

Enquanto o imbróglio não se resolve, o interino Raphael Larucci comandará o Corinthians no duelo contra o próprio Vasco. A expectativa é que Ramón Díaz estreie no comando do Timão contra o Criciúma, na próxima terça-feira (16), na Neo Química Arena.

Primeira Opção do Corinthians

Inicialmente, o Corinthians via em Fábio Carille o candidato ideal para liderar o clube. Com experiência e conhecimento interno da instituição, Carille não precisaria de um período de adaptação, algo considerado crucial pelo diretor Augusto Melo, devido à necessidade de uma reação rápida no Brasileirão. No entanto, as negociações com Carille não avançaram, levando o clube a retomar as conversas com Ramón Díaz.

Desafio no Corinthians

Ramón Díaz chega com a missão de afastar o Corinthians da zona de rebaixamento, um papel semelhante ao que desempenhou no Vasco em 2023. As conversas entre o treinador e o Corinthians se intensificaram nos últimos dias, com ambas as partes aguardando o desenrolar do imbróglio com o Vasco para a efetivação do contrato.

Postar um comentário

0 Comentários