Tutorial: como cortar o cabelo em camadas em casa

0
73


Divulgação

Bolsa em crochê

Seja na decoração, como acessório ou vestuário, as peças em crochê são charmosas e nunca saem de moda. E, principalmente nos dias com temperaturas mais frias, elas garantem sofisticação para compor looks tanto femininos como masculinos.

As peças em crochê são delicadas e por isso merecem um cuidado especial para preservar a integridade dos fios! O armazenamento e a lavagem inadequados são as causas mais comuns de danos.

Mas como mantê-las sempre com cara de novas e garantir o uso por gerações? Conheça, abaixo, 7 dicas preciosas de conservação por Patrícia Parsequian, empreendedora e criadora da marca Crochet com a Paty, e-commerce especializado em peças confeccionadas em crochê.

1- Lavagem:

O ideal é lavar as peças à mão com água fria ou morna (até 40ºC). A lavagem na máquina pode deformar o modelo da peça. Usar sabão neutro é a melhor opção, já que o sabão em pó é agressivo demais para as fibras delicadas do crochet. Não torça, apenas aperte delicadamente para tirar o excesso de água.

2- Secagem:

Seque suas peças à sombra e/ou vento, já que tanto a secadora como o sol danifica as fibras. Na hora de secar não use prendedores, pois eles podem marcar. O correto é estendê-las em uma superfície horizontal.

Você viu?

3 – Precisa passar?

Na maioria das vezes não é necessário. Mas, caso seja preciso, nunca pressione demais o ferro na peça nem o use muito quente, pois a peça poderá esticar ou até queimar.

4- Usou? Então guarde limpo!

Você sabia que as mariposas e outros insetos usam os componentes das fibras como fonte de alimento e são particularmente atraídas por fibras sujas ou com cheiro de suor? A limpeza parece algo que você poderia pular, mas é essencial para manter as peças de crochê seguras dentro do armário.

5- Como guardar:

Não vai usar durante algum tempo? Para guardá-los, em primeiro lugar, lave-os e seque-os bem. Armazene em sacos plásticos fechados para mantê-los limpos e livres de poeira, insetos e mofo por mais tempo. E nunca os guarde com itens que contenham zíperes ou botões que possam causar danos.

6- Abuse das ervas:

Uma ótima maneira de repelir insetos é usar ervas como alfazema, cedro ou alecrim. Coloque um raminho ou dois dessas ervas no saco plástico antes de fechar. Outra opção é usar saquinhos com algumas bolas de algodão embebidas em óleos essenciais junto com suas peças. Certifique-se de verificar periodicamente as ervas para ter certeza de que ainda estão potentes – afinal, se você não consegue cheirá-las, os insetos provavelmente também não conseguirão e não serão repelidos.

7- Congele se for preciso:

Se você encontrar algum inseto em alguma peça de crochê, livre-se dele e coloque a peça imediatamente no freezer por pelo menos 48 horas. Isso matará com sucesso quaisquer larvas ou ovos que estejam escondidos. Depois de retirados do freezer, lave os itens novamente antes de guardá-los novamente.

Cuidar de seus itens de crochê é uma etapa importante. Itens feitos à mão podem se tornar relíquias de família preciosas e durar muitos anos com o cuidado adequado. Então não deixe de seguir essas dicas!





Source link