Quase R$ 100 milhões em equipamentos para a Polícia Militar – Agência Brasília

0
61


“Os índices de criminalidade despencaram no nosso governoGovernador Ibaneis Rocha

Desde 2019, o Governo do Distrito Federal investiu aproximadamente R$ 100 milhões em equipamentos para a Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF). São veículos, motocicletas, lanchas, motos aquáticas, armas de fogo, detectores de metal, jaquetas e equipamentos de comunicação essenciais para esses profissionais exercerem suas missões diariamente.

O GDF adquiriu mais de 500 veículos militares, de variados modelos, de 2019 para cá | Foto: Divulgação/PMDF

Em julho de 2021, o DF alcançou o menor índice dos últimos 22 anos para o mês nos crimes de homicídio, latrocínio e lesão corporal seguidas de morte. O número de vítimas de homicídio, inclusive, é o menor desde 2000. E boa parte desses números vêm graças ao esforço feito em manter os profissionais bem-equipados.

Foram adquiridos mais de 500 veículos variados, entre SUVs, compactos, ônibus, furgões, caminhões, entre outros; 385 motocicletas; lancha,; moto aquáticas e embarcações militares. A Polícia Militar ganhou também escudos antitumulto, espingardas, fuzis, carabinas, pistolas semiautomáticas e jaquetas táticas. Equipamentos para atividades administrativas e a reformas de batalhões também foram feitas pelo governo, o que tem colaborado para boa atuação dos profissionais.

“Tivemos a menor taxa de homicídios dos últimos 41 anos e nos tornamos a unidade da Federação com maior percentual de redução desses casos no BrasilDelegado Júlio Danilo, secretário de Segurança Pública

“Os índices de criminalidade despencaram no nosso governo. Nós temos trabalhado bastante, reabrimos todas as delegacias – onde metade delas estavam fechadas –, temos trabalhado com a academia da PMDF 100% cheia e estamos chamando todos os aprovados em concurso e colocando assim a melhor polícia do Brasil nas ruas”, destacou o governador Ibaneis Rocha em entrevista ao programa Pinga Fogo, da Rádio Atividade, apresentado pelo deputado distrital Hermeto.

Em 2020, o DF teve a maior queda de criminalidade em valores percentuais: – 13,4%, comparado com o ano anterior. O registro vai na contramão do país, que obteve aumento de 5,6%. Os dados são do Anuário Brasileiro de Segurança Pública, divulgado em julho pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP). Números positivos para o DF e que são destacados pelo secretário de Segurança Pública, delegado Júlio Danilo.

“Tivemos a menor taxa de homicídios dos últimos 41 anos e nos tornamos a unidade da Federação com maior percentual de redução desses casos no Brasil. Com o apoio do governador Ibaneis Rocha, estamos avançando com o programa DF Mais Seguro, que é o princípio norteador das ações de segurança pública até o final de 2022, aponta o secretário.

Encurtamento do interstício

O governador Ibaneis Rocha prometeu encaminhar ao Governo Federal a minuta de uma medida provisória para reestruturar a carreira dos policiais militares. O pedido é uma indicação do deputado distrital Hermeto, que é policial militar. A redução do interstício – intervalo de promoção de uma patente para outra – é pretendida para praças e oficiais.

“Temos essa disparidade dentro da carreira da PMDF e nós precisamos dar um jeito de corrigir isso aí. Você [Hermeto] já nos entregou o documento, ele está sendo analisado pela Secretaria de Segurança Pública e logo em seguida nós vamos encaminhá-lo para o presidente da República para que a gente possa ter justiça em relação à carreira do policial militar do Distrito Federal. A gente sabe que não dá para ficar dez anos esperando uma promoção dentro da Polícia Militar e fica essa questão do interstício”, analisa Ibaneis Rocha.

“Vamos trabalhar no encaminhamento dessa modificação legislativa. Temos que ter a consciência de que por sermos remunerados com recursos do Fundo Constitucional dependemos de uma legislação federal, mas tenho convicção de que o presidente Jair Bolsonaro vai ter a sensibilidade de encaminhar ao Congresso Nacional essa mudança legislativa”, finaliza o governador.



Source link