Maratona do Rio de Janeiro reabre festival de grandes corridas de rua


A tradicional Maratona do Rio está de volta às ruas. O evento, o primeiro do Brasil a retomar o calendário com provas coletivas desde o início da pandemia da Covid-19, terá disputas em diferentes cartões postais da cidade, entre eles, o Aterro do Flamengo e a orla da Zona Sul carioca.

Ao todo, são quatro provas de cinco, 10, 21 e 42 quilômetros, com a largada da meia maratona, neste domingo, às cinco horas da manhã. Os percursos serão disputados na segunda-feira, feriado de Proclamação da República, com a primeira bateria iniciando a prova bem cedinho: às 5h da manhã.

Ao todo, as provas reúnem mais de 20 mil e 100 atletas, a maioria do Rio de Janeiro, com mais de 60% dos inscritos, além de estrangeiros e atletas vindos de outros estados.

A realização da Maratona celebra a conquista, pela segunda vez consecutiva, do Rio de Janeiro como o principal destino da América do Sul em turismo de esportes. Com o título concedido pelo World Travel Awards, iniciativa global que é considerada o Oscar do setor turístico, o Rio de Janeiro desbancou destinos como Buenos Aires e Bariloche, na Argentina; e Lima, no Peru.

Para o secretário de Estado de Esporte, Lazer e Juventude, Gutemberg Fonseca, o evento é um marco na vida da população e também de visitantes que escolhem o Rio de Janeiro como destino para férias e grandes eventos.

Segundo o presidente do Sindicato dos Meios de Hospedagem do Município, Alfredo Lopes, o setor já comemora o melhor feriado prolongado desde o início da pandemia, com uma média de 95% de ocupação.  E a Maratona, segundo ele, é sem dúvidas, um evento de peso que trouxe muitos visitantes, o que reforça as expectativas do setor para um verão que deve consolidar a retomada do turismo” na cidade do Rio.
 



Source link