Hospital Eduardo de Menezes recebe medalha por serviços prestados durante a pandemia

0
58


O Hospital Eduardo de Menezes (HEM), referência da Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig) no tratamento de covid-19, recebeu, nessa quarta-feira (4/8), a “Medalha de Mérito Desembargador Ruy Gouthier de Vilhena”, concedida pela Corregedoria-Geral de Justiça do Estado de Minas Gerais. Anualmente, o órgão reconhece pessoas ou instituições que tenham prestado serviços de relevância à Justiça de primeira instância do estado.

A solenidade para entrega da medalha foi no auditório do Tribunal do Júri do Fórum Lafayette da Comarca de Belo Horizonte, para público restrito, atendendo às normas de segurança necessárias em razão da pandemia.

A diretora do HEM, Virgínia Antunes de Andrade, recebeu a homenagem. “É uma grande honra e uma surpresa a condecoração concedida ao hospital. Eu, como representante de todos os servidores da unidade, agradeço o reconhecimento. Nos acalenta saber que o trabalho árduo, muitas vezes sacrificante, num tempo de incertezas e medo, foi importante e aclamado. Foram meses de dedicação intensa de uma equipe corajosa e generosa”, disse.

A comissão especial encarregada de selecionar os agraciados é presidida pelo corregedor-geral de Justiça e chanceler da medalha, Agostinho Gomes de Azevedo. Para a escolha dos homenageados, são observadas a abnegação, a antiguidade, a dedicação, o dinamismo, a eficiência, a presteza e a produtividade no cumprimento dos deveres funcionais. Em alguns casos, são considerados também trabalhos de relevância e integração com ações e projetos da corregedoria.

Na comenda deste ano, referente a 2020, foram entregues 17 condecorações especiais, além da homenagem a 12 magistrados e servidores vítimas da covid-19, na modalidade post mortem.

“Orientação, fiscalização e ação disciplinar são as funções-base da corregedoria, mas a Medalha Ruy Gouthier também nos permite reconhecer e agradecer a magistrados, servidores, notários, registradores e personalidades de outras esferas, além de órgãos que se destacam no cumprimento das suas obrigações. Essa importantíssima comenda sempre é entregue por mérito a quem a ela fez jus por direito”, afirmou o desembargador Agostinho Gomes de Azevedo.

Também participaram da cerimônia a gerente administrativa do Hospital Eduardo de Menezes, Fabiana do Carmo Vieira, e a coordenadora da internação, Maria Rita Teixeira Dutra.





Source link