Há vagas para a sociedade civil em comitê que defende os direitos humanos – Agência Brasília

0
35


A Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus) prorrogou as inscrições do processo seletivo para as organizações da sociedade civil comporem o Comitê Distrital de Enfrentamento ao Tráfico de Seres Humanos. O novo prazo segue até o dia 26 de setembro. A medida visa selecionar representantes consultivos da sociedade civil para promover os direitos humanos, em um mandato de dois anos. A prorrogação foi publicada no Diário Oficial do Distrito Federal desta quinta-feira (26).

Arte: Sejus

“Precisamos da sociedade civil para fortalecer as nossas políticas públicas de combate a esse crime tão cruel, que fere os direitos humanos ao agenciar, aliciar, recrutar, transferir ou comprar pessoas. Por isso, contamos com vocês para dar vida a esse canal de proteção no Distrito Federal”, convida a secretária da pasta, Marcela Passamani.

Entre os critérios, basta ser de entidade não governamental, do terceiro setor, organizações da sociedade civil, entidades de classe, instituições de ensino, pesquisa e extensão, movimentos sociais ou fóruns. Ainda de acordo com o edital, não será admitida a participação de empresas e entidades com fins lucrativos, mesmo que relacionadas aos direitos humanos.

As inscrições serão recebidas por meio de documentos entregues presencialmente, em envelope fechado, endereçado à Comissão de Seleção do Comitê Distrital de Enfrentamento ao Tráfico de Seres Humanos. O envelope deverá ser entregue até o dia 26 de setembro, das 9h às 17h, na unidade da Sejus localizada na Estação Rodoferroviária, Ala Central – Térreo, Brasília/DF.

Os interessados em participar do processo seletivo podem acessar o edital no site da Sejus.

 

*Com informações da Sejus



Source link