GDF inaugura escola infantil e anuncia ampliação do espaço – Agência Brasília

0
60


Trezentos e sete estudantes da educação infantil terão o primeiro dia de aula a partir desta quinta-feira (5) em um espaço novo e totalmente revitalizado. O Governo do Distrito Federal (GDF) inaugurou, na manhã desta quarta-feira (4), o Centro de Educação Infantil 9 (CEI 9) na Vila Areal, em Taguatinga, para atender 17 turmas em nove salas de aula. Na ocasião, o vice-governador Paco Britto anunciou, ainda, a reforma do parquinho e a construção de mais seis salas de aula na escola.

As secretárias Mayara Noronha Rocha e Hélvia Paranaguá e o vice-governador participaram da inauguração do Centro de Educação Infantil que recebeu R$ 460 mil de investimentos. Na ocasião, também foi anunciada a construção de mais um módulo com seis salas de aula | Paco Britto Fotos: Paulo H Carvalho/Agência Brasília

Com investimento de R$ 460 mil, a escola teve reforma de banheiros, manutenção da parte elétrica, instalação de cantina e aquisição de novo mobiliário, entre outros serviços, passando a ser a nova “casa” de estudantes antes atendidos no Caic Professor Walter José de Moura. Deste valor, R$ 160 mil foram recursos do Programa de Descentralização Administrativa e Financeira (Pdaf).

“A pandemia promoveu um retrocesso grande em nossas crianças. É preciso que todos nós, através das redes sociais, dos meios de comunicação, da nossa vizinhança, incentivemos as crianças a retornarem para as salas de aula”Mayara Noronha Rocha, secretária de Desenvolvimento Social

Para o vice-governador, o DF está pronto para a volta às aulas presenciais. “Temos um maestro, um governador que não fez promessas de campanha, fez compromissos. E está cumprindo um a um. Enquanto a pandemia assustava a todos, ele continuou trabalhando. Enquanto as escolas estavam fechadas, ele determinou que todas fossem reformadas para este momento do retorno”, disse Paco sobre o governador Ibaneis Rocha, elencando programas do GDF como o Cartão Creche, o Cartão Prato Cheio e o Cartão Material Escolar.

A volta às aulas é vista com expectativa por parte dos profissionais da Educação e pelos gestores públicos, após mais de um ano e meio sem aulas presenciais, devido à pandemia da covid-19. “A pandemia promoveu um retrocesso grande em nossas crianças. É preciso que todos nós, através das redes sociais, dos meios de comunicação, da nossa vizinhança, incentivemos as crianças a retornarem para as salas de aula”, frisou a secretária de Desenvolvimento Social e primeira-dama do DF, Mayara Noronha Rocha.

De acordo com ela, as crianças ficaram “mais tímidas, mais retraídas, até apavoradas” durante a pandemia. “Porque nós, adultos, passamos este receio para elas. Como mãe que tem um filho no primeiro ano de escola, o coração está sim aflito, mas a minha maior preocupação como mãe é a de ver meu filho se desenvolvendo. E essa deve ser a preocupação de todos os pais”, completou.

“Os estudantes vão voltar sofridos, muitos órfãos da pandemia, mas é preciso que saibam que a escola está segura. E está linda”, afirmou a secretária de Educação, Hélvia Paranaguá. “Precisamos retomar urgentemente a qualidade da educação pública que passa por uma escola agradável, onde o aluno se sinta acolhido”, finalizou.

Reformas

A secretária da Educação, Hélvia Paranaguá, diz que, além de seguro, o CEI 9 de Taguatinga está “lindo” e vai fazer os alunos se sentirem acolhidos

Os cerca de 460 mil estudantes da rede pública de ensino do Distrito Federal retomam as aulas em escolas novas ou reformadas. De acordo com o vice-governador Paco Britto, no ano passado, cerca de R$ 200 milhões foram investidos para que as 686 escolas públicas do DF se tornassem lugares mais atrativos para os estudantes.

Paco levou, ainda, mais uma notícia à comunidade que pedia a reforma do parquinho que atende as crianças da escola. “O governador Ibaneis Rocha pediu que eu trouxesse a boa notícia a vocês: o parquinho será reformado e dois PECs (Pontos de Encontro Comunitário) serão construídos. Além disso, a Novacap fará a construção de mais um módulo com seis salas de aula na escola”, adiantou.

Ainda segundo o vice-governador, para o próximo ano, a intenção do GDF é zerar a demanda por creches em todo o Distrito Federal. “Com iniciativas como esta, que aumenta os espaços, como a obra que será feita aqui, com mais mil e duzentos metros quadrados de construção, conseguiremos atingir o objetivo”, explicou. As obras custarão cerca de R$ 1 milhão.

Perto de casa

Os estudantes serão divididos em dois turnos: matutino e vespertino, em vagas que contemplam 295 crianças na pré-escola e outras 12 em creche. “O pai que hoje sai do Areal para levar o filho para estudar em outra região, vê a possibilidade do seu filho estudar perto de casa e isso é muito importante, é uma conquista da sociedade”, enfatizou o coordenador da Regional de Ensino de Taguatinga, Murilo Marconi Rodrigues.

“Me sinto motivada a proporcionar um ensino inclusivo e que disponha de comprometimento por parte da equipe escolar. Quero que os estudantes se sintam motivados e felizes por estudarem e pensem em seu futuro. O Centro de Ensino 9 está pronto para proporcionar isso aos seus alunos e sua comunidade”, afirmou a diretora do CEI, Fernanda Vaz.

Estiveram presentes ainda os administradores de Arniqueira, Telma Rufino, e de Taguatinga, Bispo Renato Andrade, o presidente da Câmara Legislativa do DF, Rafael Prudente, os secretários de Governo, José Humberto Pires, da Mulher, Érika Filippelli, e o presidente da Novacap, Fernando Leite.

Galeria de Fotos

GDF inaugura escola infantil e anuncia ampliação do espaço



Source link