Fluxo de atendimento no Hospital de Base em debate no Iges-DF – Agência Brasília

0
41


“Estamos trabalhando toda essa questão de fluxo de atendimento, de equipamentos e de recursos humanos, para que possamos apresentar isso para a diretoria do Iges e dar essas respostas aos pacientes o mais rápido possível”Osnei Okumoto, secretário de Saúde

O secretário de Saúde Osnei Okumoto fez uma visita técnica ao Hospital de Base do Distrito Federal na tarde desta segunda-feira (23), com o objetivo de estreitar ainda mais o diálogo entre a Secretaria de Saúde e o Instituto de Gestão Estratégica em Saúde (Iges-DF) na prestação de serviços aos pacientes da unidade. Acompanharam a visita a secretária adjunta de Assistência à Saúde, Raquel Bevilaqua, o presidente do Iges-DF, Gilberto Occhi, e o superintendente do Instituto, Paulo Roberto Cortez.

Durante visita ao Hospital de Base, Osnei Okumoto foi às diversas alas para verificar o funcionamento dos setores | Fotos: Breno Esaki/Agência Saúde-DF

As visitas técnicas aos hospitais da rede de saúde vêm fazendo parte da agenda oficial do secretário. No dia 12 de agosto, Osnei Okumoto esteve no Hospital Regional do Gama (HRG) para verificar as demandas dos profissionais e pacientes da unidade. No dia 17 de agosto, o secretário e sua comitiva visitaram o Hospital Regional de Brazlândia (HRBz).

“Temos feito essa aproximação dos hospitais trabalhando com a equipe técnica da Secretaria de Saúde. Estamos trabalhando toda essa questão de fluxo de atendimento, de equipamentos e de recursos humanos, para que possamos apresentar isso para a diretoria do Iges e dar essas respostas aos pacientes o mais rápido possível”, afirmou Osnei.

32.354cirurgias hospitalares foram realizadas na rede pública de saúde do DF até junho de 2021

A comitiva da Secretaria de Saúde visitou as alas de oncologia, cardiologia,  pronto-socorro, traumatologia, quimioterapia, hematologia e as UTIs pediátrica e coronariana do Hospital de Base, além da ala de covid. “Temos observado que a pandemia interferiu bastante na questão do fluxo de atendimento. Estamos fazendo remobilizações de leitos de UTI em todas as unidades do Distrito Federal. Aqui no Hospital de Base, essa remobilização dará um suporte muito maior para que possamos ter leitos disponíveis para a realização de cirurgias de grande porte”, complementou o secretário de Saúde.

Cirurgias

Até junho de 2021, a rede de saúde do Distrito Federal realizou 32.354 cirurgias hospitalares, das quais 4.027 foram procedimentos eletivos. O Hospital de Base é a unidade de saúde que mais fez procedimentos cirúrgicos no ano de 2021. Do total executado até junho, 5.220 ocorreram no HBDF.

Devido à pandemia do novo coronavírus, as cirurgias eletivas foram suspensas em toda a rede de saúde, com o objetivo de garantir mais leitos às pessoas acometidas pela covid-19 de forma mais grave. Os procedimentos foram retomados no início do mês de maio deste ano e já beneficiaram milhares de pacientes que aguardavam na fila de procedimentos.

*Com informações da Secretaria de Saúde do DF



Source link