Estudantes se acorrentam, mas PM desocupa escola no Lago Norte

Um dos jovens que resistiu foi apreendido e levado à Delegacia da Criança e do Adolescente. Justiça determinou liberação do prédio

0
37

A Polícia Militar do DF desocupou na manhã desta terça-feira (21/3) o Centro Educacional do Lago Norte (Cedlan). Estudantes da rede pública ocuparam a escola na tarde de sexta (17) para protestar, entre outras coisas, contra as reformas da Previdência e do Ensino Médio. Eles também declararam apoio à greve dos professores, iniciada na última quarta (15).

A Justiça determinou a saída dos alunos. Segundo informações da PM, as negociações para que os estudantes deixassem o prédio começaram por volta das 6h30 desta terça. Mas o documento judicial determinando a desocupação só foi entregue no colégio, por dois oficiais de Justiça, perto das 7h15. Cerca de 30 pessoas que participavam da ocupação estavam no local.

Ainda de acordo com a PM, a maioria dos manifestantes deixou a escola pacificamente, mas cinco estudantes resistiram e se acorrentaram.O Corpo de Bombeiros foi acionado e conseguiu retirar a corrente que prendia os alunos. Um dos jovens reagiu e foi apreendido pelos policiais militares. Ele acabou encaminhado à Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA)

Outros casos
O Centro de Ensino Médio Ave Branca (Cemab), em Taguatinga, também foi ocupado na última sexta. No entanto, após uma negociação pacífica com a polícia, os estudantes decidiram deixar o local no mesmo dia.