Mulher que seria executada pelo o ex-marido é salva pela PM em Águas Lindas de Goiás

0
119

O elemento que já tem passagens por homicídio e tentativa de homicídio estava na companhia de três comparsas quando foi preso.

Mais uma mulher no brasil seria vítima de feminicídio se não fosse a experiência profissional de dois policiais militares que foram atender uma ocorrência de violência doméstica no setor lago do descoberto, em Águas Lindas de Goiás.
O centro operacional da polícia militar COPOM), acionou a viatura 8107, com os policiais cabo Farias e cabo Leonil, segundo o COPOM uma mulher tinha acabado de ser agredida pelo o seu ex-marido. Os policiais foram até o local e encontraram a vítima bastante machucada. Ela disse aos PMs que seu ex-marido chegou bastante agressivo e a espancou, antes de sair disse que iria buscar um revolver para matá-la.

Os policiais, bastante experientes disseram a vítima que iria montar uma campana para pegar ele quando ele retornasse ao local. Com os giroflex da viatura desligado, os policiais ficaram bem escondidos e poucos minutos depois o ex-marido da vítima retorna ao local na companhia de mais três indivíduos. Os PMs então deram voz de parada para todos e ao revistar o ex-marido da vítima foi encontrado um revólver calibre 357 Magnum municiado capaz de matar um elefante. O elemento é considerado bastante perigoso e possui passagens por homicídio, tentativa de homicídio.
Os policiais conduziram todos os envolvidos para delegacia local onde o autor da ameaça vai responder por lesão corporal, ameaça, embriaguez ao volante e porte ilegal de arma de fogo. Ele também foi enquadrado na lei Maria da Penha.

Fonte: TV CMN