Justiça decreta prisão de mãe que jogou bebê no Lago Paranoá

Ela será encaminhada à Penitenciária Feminina do Distrito Federal (Colmeia). Segundo a família, Elisângela sofre de depressão

0
216

Elisângela Cruz dos Santos Carvalho, 36 anos, que admitiu ter jogado o filho de apenas cinco meses no Lago Paranoá, teve a prisão preventiva decretada nesta quinta-feira (13/4) e vai responder por homicídio. Ela será encaminhada à Penitenciária Feminina do Distrito Federal (Colmeia). O menino foi encontrado morto no último domingo (9).

Bombeiros fizeram buscas em toda a região por mais de dois dias para tentar encontrar o corpo da mulher, já que havia a possibilidade de ela ter entrado no lago com a criança no colo. Elizângela foi localizada nesta quarta (12), em cima de uma árvore, na QL 26 do Lago Sul.

Ela estava desorientada, cabelos despenteados e teria permanecido no local desde a morte do seu bebê. De acordo com o titular da 10ª Delegacia de Polícia (Lago Sul), Plácido Sobrinho, ela confessou ter jogado a criança no lago. À polícia, a família contou que ela passava por problemas psicológicos e chegou a enviar uma mensagem no WhatsApp avisando que faria uma “viagem sem volta”.

De acordo com parentes, Elisângela passava por um quadro de depressão e saiu de casa na sexta (7) com o bebê, de cinco meses, e outro filho, de 4 anos. O menino mais velho foi encontrado vagando sozinho em Santa Maria, onde a família mora. Antes de o bebê ser encontrado morto, Elizângela também teria passado horascaminhando perto do Lago Paranoá. Uma testemunha chegou a ver a mulher vagando sozinha por uma avenida do Lago Sul.

O pequeno Miguel foi achado boiando nas proximidades da Península dos Ministros, no Lago Sul. O Corpo de Bombeiros informou que foi acionado às 17h09 do domingo por um piloto de jet ski que passava próximo ao local. O bebê vestia calça de moletom amarela, camiseta regata com desenhos de barcos e tinha uma chupeta azul presa à roupa por uma fita de mesma cor, além de usar um broche em formato de hipopótamo.

O bebê será enterrado às 10h30 no Cemitério do Gama.