Agir por vingança após sofrer abuso sexual, diz Autor do “crime da mala”

0
155

Felipe Cirilo da Silva, 20 anos, confessou ter assassinado o comerciário.
O crime foi motivado por vingança. Felipe afirma ter sofrido abuso da vítima quando era adolescente. Um menino de 14 anos ajudou o rapaz no ato. Foram quase dois meses de investigação para identificar os autores.

De acordo com informações da Polícia Civil, Ivonilson foi sufocado com um saco plástico, teve os pés e as mãos amarrados com fita adesiva e teve o corpo descartado na Ponte Honestino Guimarães, dentro de uma mala. No interior da bagagem ainda foi encontrado um teclado de comprador, doces e preservativos. O objetivo seria passar a mensagem de que a vítima era um pedófilo.

Felipe está preso na carceragem da Delegacia de Polícia Especializada (DPE) e pode pegar até 35 anos de prisão. Ele responderá por homicídio duplamente qualificado, corrupção de menores e ocultação de cadáver. Entretanto, o adolescente que participou do crime segue em liberdade. Ele prestou depoimento à Delegacia da Criança e do Adolescente da Asa Norte (DCA I) e foi liberado em seguida. O pedido de apreensão do garoto ainda não foi apreciado.