Curso capacita servidores do GDF em socioeducação – Agência Brasília

0
43


Servidores do Governo do Distrito Federal (DF) assistiram nesta quinta-feira (5), por videoconferência, à aula inaugural do curso Socioeducação como Meio de Responsabilização e Emancipação de Adolescentes, que será realizado totalmente à distância, até o dia 30 de agosto.

“O acordo internacional estabelecido por Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo com a UCCI é uma demonstração do quão importantes são as parcerias globais”Renata Zuquim, chefe Escritório de Assuntos Internacionais do GDF

A capacitação está sendo ofertada graças a iniciativa do Escritório de Assuntos Internacionais do Governo do Distrito Federal (EAI/GDF), que promoveu a participação da Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus) no Programa de Cooperação Técnica (PCT) da União de Cidades Capitais Ibero-americanas (UCCI).

O programa dispõe de 126 vagas. Dessas, 100 foram disponibilizadas para servidores do GDF, enquanto 13 foram para reservadas para o estado de São Paulo e 13 para o Rio de Janeiro. Em sua fala na aula inaugural, a chefe do EAI, Renata Zuquim, ressaltou a importância da união de cidades em iniciativas como essa.

“O acordo internacional estabelecido por Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo com a UCCI é uma demonstração do quão importantes são as parcerias globais, preconizadas no Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS) 17 da Agenda 2030, que norteia o trabalho do GDF”, afirmou.

Representando a secretária de Justiça e Cidadania do DF, Marcela Passamani, o subsecretário do Sistema Socioeducativo do DF, Demontiê Filho, agradeceu aos envolvidos na realização do curso. “Como resultado disso, ressalto a grande procura que tivemos de profissionais interessados na capacitação”, ressaltou.

De acordo com o subsecretário, foram mais de 210 pessoas interessadas, inclusive de diversos estados. “Com certeza isso é fruto da credibilidade das instituições envolvidas na realização do curso e da importância da temática”, comemora Demontiê Filho.

“Estamos firmando uma aliança estratégica em prol do desenvolvimento de nossas cidades. Nosso desejo é que essa capacitação seja uma experiência enriquecedora”Francisco Mugaburu, subdiretor de Relações Internacionais e Cooperação da UCCI

O subdiretor de Relações Internacionais e Cooperação da UCCI, Francisco Mugaburu, concorda. “Estamos firmando uma aliança estratégica em prol do desenvolvimento de nossas cidades. Nosso desejo é que essa capacitação seja uma experiência enriquecedora”, diz Mugaburu.

Por fim, a coordenadora do curso e professora da Universidade de Brasília (UnB), Cynthia Bisinoto, agradeceu a todos os presentes. “Esse curso foi muito aguardado. É a materialização do compromisso de todos nós com o fortalecimento da política pública de socioeducação. É um projeto coletivo, algo muito especial e que nos orgulha”, finaliza.

O curso

A estrutura curricular do curso está sistematizada em quatro módulos interdisciplinares, que serão desenvolvidos de maneira articulada. Além disso, haverá leituras dirigidas dos materiais didáticos, videoaulas gravadas, fóruns de discussão, exercícios reflexivos e orientações remotas.

Os participantes do curso serão distribuídos em cinco turmas, com média de 25 pessoas cada uma. As turmas serão acompanhadas à distância por um tutor, que terá a função de apoiar e orientar os alunos.

A avaliação de cada módulo será realizada por meio de atividades e trabalhos individuais e em grupo. Ao fim do curso, o resultado do processo de avaliação será expresso por menção em um único conceito que represente todas as atividades desenvolvidas nos módulos. O certificado digital de conclusão será emitido pela UnB para os participantes que obtiverem menção igual ou superior à nota média e com 75% de frequência nas aulas.

*Com informações do Escritório de Assuntos Internacionais do GDF



Source link