Biblioteca Digital do Brasília Ambiental a caminho de recorde – Agência Brasília

0
49


A Biblioteca Digital (BDI) do Instituto Brasília Ambiental registrou um aumento significativo no número de consultas ao seu acervo. Enquanto em todo o ano de 2020 ocorreram 2.481 consultas, somente no primeiro semestre deste ano já foram realizadas 2.092 consultas. Em todo o ano de 2019, foram 1.579 consultas; em 2018, 1.198 e, em 2017, seu primeiro ano de funcionamento, 297 títulos foram consultados.

O acervo digital da BDI oferece textos integrais de legislações, atos administrativos, publicações institucionais, planos de manejo, educação e estudos ambientais | Artes: Brasília Ambiental

Para o bibliotecário da BDI Yuri Guimarães, o crescimento nas consultas revela a importância do acervo e a eficácia do seu funcionamento, sendo uma prova de que o serviço está se consolidando. “A BDI disponibiliza, de forma ágil e eficaz, acesso remoto, simultâneo e ilimitado, ao conteúdo digital completo para consulta de toda sociedade, democratizando o acesso às informações ambientais do DF e auxiliando no processo decisório do instituto”, explica.

5.871publicações estão disponíveis para o público na Biblioteca Digital do Instituto Brasília Ambiental

Na BDI é possível encontrar textos integrais de legislações, atos administrativos, publicações institucionais, planos de manejo, educação ambiental e estudos ambientais, além de teses, dissertações e monografias dos servidores do órgão. Seu acervo é composto por 4.564 legislações, além de 937 estudos ambientais, 101 obras de conhecimentos gerais e 269 publicações institucionais, totalizando, assim, 5.871 publicações disponíveis ao público.

Bibliotecas virtuais

Para Yuri Guimarães, o caminho digital é certamente uma demanda dos tempos atuais, mas isso não quer dizer que a biblioteca tradicional deva desaparecer. Entre as vantagens do novo modelo estão a questão da sustentabilidade ambiental, com o incentivo ao uso de publicações digitais em detrimento das impressas, a acessibilidade e a economia orçamentária.

“Na maioria dos casos o acesso de usuários de forma simultânea e ilimitada é suportado sem limites geográficos, o que pode implicar em mais acessos e usabilidade do acervo. Não há também a necessidade de compra de vários exemplares de uma mesma obra com o intuito de possibilitar maior uso pelo maior número de usuários ao mesmo tempo”, explica o bibliotecário.

A BDI foi criada com a missão de sistematizar, processar e disponibilizar informações bibliográficas sobre meio ambiente e recursos hídricos no âmbito do Distrito Federal

Mas o bibliotecário enfatiza que o modelo híbrido parece ser o melhor caminho a se adotar: uma biblioteca tradicional que ofereça serviços e informação de maneira digital.

“Nada substitui o espaço de encontro, estudo, pesquisa, reflexão e entretenimento de uma biblioteca. Mas são demandas que têm maior ou menor relevância, a depender da tipologia de biblioteca. Uma biblioteca pública, especializada ou universitária, atende a demandas diferentes”, finaliza Guimarães.

Democratização

A Biblioteca Digital é um serviço da biblioteca física do Brasília Ambiental, que funciona na sede da autarquia, na Asa Norte. Foi criada com a missão de sistematizar, processar e disponibilizar informações bibliográficas sobre meio ambiente e recursos hídricos no âmbito do Distrito Federal.

A BDI está disponível 24 horas e pode ser acessada pelo site do Brasília Ambiental; banner na intranet (para servidores do órgão) ou diretamente neste endereço.

* Com informações do Brasília Ambiental



Source link