Homem é preso por injúria racial após xingar mulher e quebrar restaurante

0
191

Um homem foi preso na Vicente Pires por crime de Injúria Racial. O agressor, de 29 anos, que não teve o nome revelado pela polícia, se desentendeu com a proprietária de um restaurante na Rua 5. Ele pediu que Carmem Célia Bispo dos Santos, 46 anos, fizesse um serviço de bufê para uma festa. Diante da negativa da mulher, ele passou a agredi-la verbalmente e quebrar objetos do restaurante e só parou cerca de 40 minutos depois, quando policiais militares chegaram ao estabelecimento para encaminhá-lo, junto com a vítima para a 21ª Delegacia de Polícia (Taguatinga Sul).  
De acordo com a vítima, o homem, que estava embriagado, disse que não gostava de negros e que “negros não podiam ter restaurantes”. “Eu respondi que não sabia se podíamos ou não, mas que eu tinha. Não sabia que isso ainda existia”, confessou Célia. Ela ainda calcula as perdas materiais, entre elas, os clientes que não pode atender por ter fechado o estabelecimento para ir à delegacia registrar o boletim de ocorrência. Até o fechamento desta edição, ele permanecia preso, de acordo com informações da Polícia Civil.

fonte : correio