Depois de derrubadas no setor de inflamáveis (sia) parece que na Estrutural não vai ser diferente

0
170
Segundo a pasta, quatro famílias foram encontradas morando em um único barraco, entre eles, doze crianças.
Apesar da resistência, a desocupação de barracos irregulares no Setor Lúcio Costa começou por volta das 10h desta terça (2). Os pertences dos moradores da comunidade estão sendo retirados para a derrubada dos nove barracos feitos de alvenaria.
Um grupo protestou no local,  contra a demolição das casas construídas em áreas invadidas. A Polícia Militar permanece no local.
Após a ação no Lúcio Costa, os agentes da Agência de Fiscalização do Distrito Federal (Agefis) se deslocaram  para a região do Centro de Progressão Penitenciária, no Setor de Indústria e Abastecimento (SIA), para a derrubada de 50 barracos irregulares.
Estrutural
Cerca de 50 manifestantes bloquearam uma pista secundária da via Estrutural, na altura da Cidade do Automóvel, na manhã desta terça (2). Eles protestaram contra a derrubada dos barracos em áreas invadidas no SIA.
Segundo a Agefis, a reinvindicação dos moradores não pode ser atendida porque a área aonde os barracos se encontram é de grande risco de vida. A Defesa Civil já condenou o local, e o Ministério Público do Distrito Federal e Terreitórios (MPDFT) solicitou a retirada dos invasores, informou a pasta.
Segundo a Polícia Militar, os invasores já vinham juntando pneus, pedras e madeiras desde a noite desta segunda (1) para o bloqueio da via nesta manhã. Eles incendiaram o material e deixaram o trânsito parado no local. O Corpo de Bombeiros conteve o incêndio e desobstruiu a interdição por volta das 8h52. 
Os moradores estão cientes que terão seus barracos derrubados nesta manhã, mas ainda não desocuparam as moradias. De acordo com a Agefis, os agentes estão encontrando resistência das famílias e há risco de confronto. Segundo a pasta, quatro famílias foram encontradas morando em um único barraco, entre eles, doze crianças.
Agora esta marcado uma grande derrubada no setor Santa Luzia na Estrutural nos dia 9 e 10
na chácara natal.

Com informações de Jéssica Antunes 
Fonte: Da redação do Jornal de Brasília