Catador de materiais recicláveis do DF tem carroça reformada por grafiteiro

0
205

A rotina de Telmo Quintino, 45 anos, catador de lixo, parecerá a mesma na próxima semana: ele acordará cedo no barraco na Asa Norte, e começará a rodar pelas ruas, alternando caminhos, à procura de materiais recicláveis e trabalho. No entanto, a partir de segunda-feira (22/6), a vida de Quintino começará a mudar, ao menos um pouco, para melhor: ele terá luvas de borracha, capa de chuva e mesmo um número de telefone – o primeiro de sua vida. Além disso, ele terá a carroça reformada e estilizada pelo grafiteiro brasiliense João Blenner. Quintino é o primeiro carroceiro a participar do projeto Pimp My Carroça em Brasília, que acontece nesta semana.


“Como artista de rua, esse projeto me interessou mais pessoalmente, mesmo que a arte seja apenas uma pequena parte do todo”, comenta o grafiteiro João Blenner, 27 anos. Ele acompanhava, há alguns anos, o trabalho do idealizador do Pimp My Carroça em São Paulo, o artista Mundano, e se interessou especialmente pelo projeto da reforma das carroças (“pimpadas”, como eles gostam de falar). Um dia em janeiro, coincidiu de Blenner entrar na mesma padaria que estava Quintino, e ele não perdeu a oportunidade: logo puxou papo e já perguntou se ele gostaria de participar do projeto.

O Pimp My Carroça começou em 2007 e tem como objetivo aumentar a visibilidade dos catadores de materiais recicláveis. Já houve edições em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Curitiba, e essa é a primeira vez que a iniciativa ocorre em Brasília.
Fonte : Correio